quinta-feira, 14 de junho de 2012

Tua é a glória

Eu tenho postado textos de alguns amigos, porque acredito firmemente que escrever é algo que nos ajuda a entender ideias e muitas vezes a gente mesmo.. e quando o assunto é Deus, além de nos ajudar ainda ajuda o outro..porque afinal, devemos compartilhar tudo o que temos com os irmãos e principalmente o que recebemos de Deus. Do que adianta receber e não passar adiante?? Por isso hoje o texto é de um grande irmão em Cristo Wendell Albino que tem compartilhado muito do Senhor comigo e vai compartilhar com vcs agora também.



"... porque teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre. Amém." (Mateus 6:13)

Se existe algo que me deixa aterrorizado, impressionado e incapacitado de ficar até mesmo de pé é diante da glória de Deus. Não que eu tenha visto como o profeta Isaías viu o Senhor assentado sobre um alto e sublime trono e os serafins acima dele (Isaías 6.1-2), mas a presença do Senhor na minha vida e a sua Palavra me fazem querer adorá-lo assim como os serafins clamam "Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória." (Isaías 6.3).

Jesus, quando nos ensina sobre a oração, diz no final que de Deus é a glória para sempre. 
Mas qual será o tamanho da importância desta palavra?

Por estar apenas no final da oração que Jesus nos ensinou não significa que seja de pouca importante. Na verdade isso é muuuuito importante!

Já ouviu falar com o que aconteceu com o rei Herodes Agripa I? Ele foi ferido pelo o anjo do Senhor e comido por bichos porque não deu glória a Deus! (Atos 12.23) . Isso realmente aterrorizou a população de Jerusalém. 
 
E em nossas vidas? Quantas vezes deixamos de dar a glória a Deus? Se não fosse a misericórdia do Senhor será que estaríamos vivos agora?

Ás vezes parece ser fácil dar a glória a Deus mas só de boca para fora.

"Talvez, uma das mais difícil lutas da vida cristã é aprender esta sentença: 'Não a nós, SENHOR, não a nós, mas ao teu nome dá glória' (Salmos 115.1). Está é uma lição que Deus está sempre nos ensinando e, às vezes, por meio da mais dura disciplina. Se o crente começa a gloriar-se: 'Posso todas as coisas', sem acrescentar : 'Naquele que me fortalece' (Filipenses 4.13), logo terá de lamentar: 'Eu não sou nada' e afligir-se até o pó. Quando fazemos algo para o Senhor, e Ele se agrada em aceitar nossas realizações, devemos lançar nossa coroa aos pés dEle e confessar: 'Não eu, mas a graça de Deus comigo' (1 Coríntios 15.10)! " C.H Spurgeon 

Sem Deus onde nós estaríamos? Será que somos merecedores de nos glorificar em nossas ações? Mesmo em nossas obras pelo Reino somos nós que deveríamos levar o crédito?

Devemos aprender para nunca esquecer que é o Senhor que nos mantém e nós o servimos para glorificá-Lo. 
"Porque Dele, por Ele e para Ele são todas as coisas. A Ele seja a glória para sempre! Amém." (Romanos 11.36).

Que nosso objetivo maior seja a glória de Deus! 

Abraços!

Wendell Albino Silva 

2 comentários:

  1. Gostei do seu blog!
    Muito legal!
    Quando der faça uma visitinha no meu. Você vai gostar.
    http://ministerioevangelisticosemeando.blogspot.com.br/

    a paz do Senhor!

    ResponderExcluir
  2. Glória a Deus ! pode deixar que dou uma olhada sim :D beijos, God Bless! A paz

    ResponderExcluir